APRENDENDO A RE_CLAMAR

Queridos, você já reparou que tem pessoas que utilizam boa parte do tempo para reclamar.
O sol esta muito quente, hoje esta muito frio, esta muito abafado, vai chover, esta chovendo, tenho que trabalhar, não deu para almoçar, a hora não passa, ganho muito mal, faz tempo que não ganho aumento, não deu pra dormir direito, o menino esta só chorando, Deus não me houve, não sei o que fazer…

Paraaaaaaaaaaaaaaaa! Pois se você conhece alguém assim, saiba que é um vírus, igual dos computadores, altamente destrutivo do ambiente onde passam, e pior ainda quando fixam moradia. Quer seja na empresa, na casa ou na igreja.

Ninguém consegue ficar perto de pessoa que só pensa em reclamar e reclamar. Quando nos deparamos com este tipo de comportamento, nossa primeira reação é tentar se esquivar para que não nos contamine e estrague nosso dia.

Acima citei apenas algumas das afirmativas destes destruidores de alegria. E transformando-os em perguntas, darei possíveis algumas possíves:

– O sol esta muito quente: Glorias a Deus, pois ira fortalecer as plantas e secar a terra;
– Esta muito frio: Glória a Deus, pois podemos ficar mais abraçadinhos e trabalhar mais;
– Esta muito abafado: Glória a Deus, pois o vento esta chegando com o refrigério;
– Vai chover: Glória a Deus, pois água é vida, e em Cristo é vida em abundancia;
– Esta chovendo: Glória a Deus, pois esta enchendo os reservatórios e molhando as plantas;
– Tenho que trabalhar: Glória a Deus, pois não estou doente, e sou merecedor do fruto do meu suor;
– Não deu para almoçar: Glória a Deus, pois tenho que jejuar para fortalecer meu espírito;
– A hora não passa: Glória a Deus, pois nos deu 24h para cada um administrar e fazer o melhor uso;
– Ganho muito mal: Glória a Deus, pois quando fui contratado sabia exatamente quanto iria ganhar;
– Faz tempo que não ganho aumento: Glória a Deus, pois tenho a oportunidade de crescer, estudando e demonstrando ser mais capaz do que as pessoas que estão ao meu lado. Tempo não traz aumento salarial, mas competência com dedicação sim.
– Não deu pra dormir direito: Glória a Deus, pois o Senhor me despertou na madrugada para orar e conquistar mais rápido a minha benção.
– O menino esta só chorando: Glória a Deus, pois seus pulmões estão fortalecendo, e a casa com criança é uma casa feliz.
– Deus não me houve: Glória a Deus, pois sabe o momento certo de me abençoar, e o tempo certo de estar e permanecer no deserto para ser fortificado com as dificuldades, para que eu cresça, seja merecedor e nunca mais volte no estado que estava
– Não sei o que fazer: Glória a Deus, pois, se não tenho direção, irei parar, ajudar o próximo, aproveitar o momento para orar, ler a bíblia, jejuar e assim poderei enxergar o que Deus espera de mim. E de posse da resposta, irei ser o melhor funcionário, melhor filho, melhor marido, melhor esposa e melhor amigo.

Amados, convido a você para mudar a palavra RECLAMAR para RE_CLAMAR. Ou invés de usar nossas bocas e nosso tempo para questionar e pedir aos quatro ventos o que julgamos serem merecedores. Devemos ser mais humildes e colocar nas mãos do Senhor, clamar e clamar suas bênçãos e seu refrigério, suas providencias. Para que não apenas nossas necessidades físicas sejam sanadas, mas que nosso coração e nossa alma sejam confortados e alimentados com as águas da vida.

Quer um exemplo da diferença?
Responda rapidamente: você prefere ficar ao lado de alguém que vive reclamando, ou de alguém que esta sempre alegre e é sempre positivo, para cima?

Autor: Gleidson Rocha
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.

Anúncios

Apontar e julgar

” Porque, se nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. Mas, quando julgados, somos disciplinados pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.” I Coríntios 11.31 e 32

julagr

apontar e julgar

Paulo falou estas palavras porque o ser humano tem o costume julgar o próximo. Ao invés disso, deveria-se tentar entender o por que dele fazer tal coisa ou agir errado. Antes devemos olhar para dentro de nós, consertar os erros e defeitos e só depois emitir uma opinião acertiva ou um comentário que possa ajudar e não destruir.
Por isto, quando falamos de alguém, acabamos condenando pela imagem e não pelo que tem no coração. Então queridos, me ouçam, a virtude está em amar o próximo independente dos defeitos, entendê-lo e conviver com ele. Todos nós temos fraquezas e defeitos, mas para que haja uma mudança real, ela precisa acontecer de dentro para fora.
Entender e aceitar as imperfeições e falhas que eu tenho, e buscar corrigí-las. Só depois tentar ajudar o próximo, mas nunca tentar mudar as pessoas a nossa imagem e sim valorizar as qualidades do outro.

Autor: Gleidson Rocha

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.

Amar o próximo como a ti mesmo

ajudando

gesto de amor

Para esta mensagem quero te fazer uma pergunta… O que é mais fácil: ofender, ignorar ou elogiar? Dificilmente diria elogiar. Mas Jesus nos ensinou dois grandes mandamentos:“amar a Deus sobre todas as coisas” e “amar ao próximo como a ti mesmo” Mateus 22. 34 ao 40.
Concentrando na segunda parte… para saber se amamos o próximo basta fazer a ele o que quer que seja feito a você. Se quer elogios dai elogios, se quer carinho dai carinhos, se quer atenção dai atenção, se quer compreensão dai compreensão, se quer entendimento procure entender, se quer amor permita ser amado(a), se quer ser feliz distribua sorrisos.“Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo fazeis vós também.” Lucas 6. 31

E comece seu dia, tarde ou noite elogiando quem esta perto, quer goste da pessoa ou não. Assim colherá o amor com que tem plantado… comece agora, ligue para quem você gosta ou tenha afinidade e fale como sente sua falta, como ela é especial… e será recompensado sete vezes mais.

autor: Gleidson Rocha