COM QUE ARMA VOCÊ TEM LUTADO?

Existe um corinho que diz: “Eu lutarei e vencerei o inimigo, com esta espada. Com esta espada eu vou lutar, e o inimigo vou derrotar. Cantando glória a Deus e aleluia até Jesus voltar.” É bem antigo, mas nos traz uma realidade e uma verdade para nosso dia a dia. Pois já sabemos da primícias básica de nossa vida, não existem vitórias sem lutas e com certeza já ouviram esta frase varias vezes durante a vida. Em resumo, vivemos em constantes lutas, umas simples, outras complicadas, umas conhecidas, outras desconhecidas, umas precisamos de ajuda, outras resolvemos sozinhos. Como exemplos de lutas temos: acordar, uma prova na escola, um dia de trabalho, o primeiro emprego, ser despedido, criar um filho, uma doença, comprar uma casa, relacionamento e por ai vai.

Contudo, quero abordar um ponto diferente, ao invés de falar de lutas, quero que pense comigo: com que armas tem lutado? Quais são as suas armas? Quais as armas que investem contra você? quais armas seu inimigo poderá usar? Quem é o seu inimigo? Qual o objetivo (premio da luta)?
Eu sei, e afirmo que você é um guerreiro, que não tem medo do que há de vir, que não desiste nunca, que é fiel e determinado. Mesmo assim, se usar as armas erradas, estará fadado à derrota. Isto porque, antes de iniciar a batalha, é necessário conhecer a você mesmo e ao seu adversário, estudar e conhecer suas armas e as armas do seu inimigo. E só então, depois de TER COMPREENDIDO como será a batalha, o que será usado contra você e o que você pode usar, poderá iniciar a batalha.

TUDO SE RESUME À ESTRATEGIA A SER USADA E À FORÇA A SER EMPREGADA.

Se nossa batalha for um dia de trabalho, tenho que orar primeiro, descansar, colocar o relógio para despertar de modo a chegar uns minutos antes do trabalho e passar o dia com atenção e dedicação. Se for uma prova na escola, devemos descansar, orar e estudar antecipadamente para realizá-la. Se perder o emprego, devemos orar, respirar fundo, entender por que foi desligados de modo a não se repetir, atualizar o currículo, divulgar a todos os conhecidos que necessita de um novo emprego e procurar em todos os meios de comunicação uma recolocação no mercado.

Se a luta for sentimental, devemos orar, entender o que aconteceu ou o que esta acontecendo, clamar misericórdia e forças ao Senhor e avaliar o que será melhor para mim, pois a área sentimental é a mais difícil de entender e de guerrear, porque normalmente, o que queremos para nós nem sempre é o melhor. Isto porque teimamos  quando gostamos, e por gostar tanto, brigamos até com quem nos quer bem, que é nossa família, amigos e pastores.

Nós cristãos, usamos uma estratégia muito simples. Olhar, orar e jejuar sempre e principalmente  antes de qualquer decisão,  para que seja a mais acertável possível. Queridos, tenha sempre esta frase em mente “só podemos ser vencedores se nossas armas estiverem afinadas”, e a nossa principal e mais forte arma é a nossa fé, nossa comunhão com Deus. “O nosso socorro está no nome do SENHOR, que fez o céu e a terra” (salmo 124:8) uma frase verdadeira. Se confiarmos no Senhor, e acreditar que Ele sabe e faz o que é melhor para cada um de nos, entenderemos que devemos a todo tempo nos preparar para as lutas, porque quando lutamos sozinhos, sozinhos acabamos, quando lutamos com Deus, com Deus vencemos, pois nossas armas se tornam poderosas n’Ele.

Amados, lute, mas lute com fé. Afie suas armas, use a estratégia ideal, tenha amigos e pessoas que sejam ungidas e usadas por Deus para te ajudar a caminhar. Mas sempre dê o primeiro passo, sempre pare, olhe, descanse, observe e principalmente… ore, clame, louve e jejue. Seja dependente do Senhor, se programe para pelo menos 2 vezes por semana orar nas madrugadas e  2 vezes para jejuar até a hora do almoço. Mesmo que não esteja numa grande luta ou com um grande problema para resolver, pois nunca sabemos quando os desertos e as tempestades virão, mas quando vier, se estivermos à sombra do onipotente e aos pés da Fonte de Águas Vivas, saiba que estará com a principal ferramenta preparada e afiada, nossa fé. E certamente em Cristo Jesus somos mais do que vencedores.

Autor: Gleidson Rocha
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.