O GUERREIRO

Esta semana ouvi uma história muito interessante durante uma pregação.

Ele dizia que certa vez, um homem ficou preso na floresta, e tudo o que tinha era um canivetinho. Passado um tempo caminhando, ele ouviu um barulho, era um leão que estava ao encontro dele. Neste momento o rapaz começou a correr e a orar ao Senhor, até que se encostou numa àrvore e falou em oração:

– Senhor, o bicho esta chegando e vou enfrentá-lo… Se o Senhor estiver torcendo por mim, então abençõe para que eu mate o leão com uma canivetada só. Mas se o Senhor estiver torcendo pelo leão, então abençõe para que ele me mate com uma bocada só. Contudo Senhor, se não estiver torcendo para ninguém… Pode se sentar porque daqui a pouco o Senhor vai ver uma briga feia, porque eu não vou desistir.

Na hora rimos muito, mas não pude deixar de meditar nesta palavra, pois no decorrer de nossa vida, nos deparamos com várias lutas e dificuldades que podemos perceber que estão chegando. E a única coisa que podemos fazer é orar e jejuar pedindo o livramento. Entretanto quando ele chega, achamos que Deus nos abandonou, porque em nosso coração ansiamos não passar por esta dificuldade. Mas não podemos esquecer que o Senhor nos disse: “no mundo tereis aflições”. Isto quer dizer que não adianta, pois os problemas irão chegar, as dificuldades irão chegar, as necessidades irão chegar…

Entretanto, na mesma frase, o Senhor nos diz:
“- Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16:33)

Jesus veio em forma de homem, mesmo sendo Deus, nasceu, cresceu, sofreu das mesmas dificuldades, tristezas e alegrias que cada um de nos, foi julgado culpado mesmo sendo inocente, sofreu e foi crucificado, carregou consigo todos os nossos pecados e aflições, morrendo e ressuscitando ao terceiro dia, e esta assentado ao lado de Deus Pai, sempre intercedendo e nos abençoando.

ELE nos mostrou que neste mundo teremos várias batalhas, e a diferença entre vencer a guerra ou não, esta na atitude de cada um de nós. Na historia o rapaz pediu a benção, mas não esperou a resposta, ele foi à luta, orando, jejuando e guerreando. Nós (eu e você) somos guerreiros de Deus. Seremos vencedores se nunca desistirmos de lutar. Não importa quantos tombos tomamos ou iremos tomar, o que importa é que temos um Deus maravilhoso ao nosso lado, que a todo o momento estará nos ajudando a levantar e a prosseguir lutando rumo à nossa vitória. Temos anjos ao nosso lado que nos dizem e nos mostram que é possível vencer todas as dificuldades e barreiras.

Se abrirmos nossos ouvidos, podemos compartilhar os testemunhos na igreja. Que o nosso Deus é o mesmo ontem, hoje e será eternamente. A todo o momento ouvimos os testemunhos de grandes coisas que Deus tem feito na vida de seus servos, vários livramentos, bênçãos materiais e sentimentais. E principalmente, a alegria que traz ao nosso coração. De nos sentirmos seguros nos braços do Pai. Que nos ouve a todo o momento e conforta nosso coração e refrigera nossa alma.

Neste momento você deve perguntar… Quando isto acontece? Eu respondo… Acontece nos momentos em que nos colocamos em sua presença… Quando nos entregamos nos louvores e na sinceridade de nossas orações. Quando confiamos n’Ele e descansamos das turbulências, passamos por elas em paz, serenidade e sabedoria.

Autor: Gleidson Rocha
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s